Estresse prejudica espermatozóides, diz estudo
Vestibular

Estresse prejudica espermatozóides, diz estudo


Estresse pode afetar negativamente os espermatozóides, de acordo com um estudo da Columbia University publicado na revista Fertility and Sterility. Os pesquisadores mostram que há uma relação entre os homens que experimentam entre um ou dois eventos traumáticos ao ano e a contagem, formato e concentração dos espermatozóides.

"Homens estressados têm mais tendência a apresentar baixa concentração na ejaculação, além dos espermatozóides poderem ser disformes e terem a mobilidade comprometida", explica o responsável pelo estudo, Dr. Pam Factor-Litcak. E completou: "estes déficits estão diretamente ligados a problemas de fertilidade".

Os especialistas analisaram amostras de espermas de 193 homens com idade entre 38 e 49 anos, que responderam ainda questões relativas ao estresse objetivo, tratado como os episódios traumáticos, e subjetivo, sobre como se sentem em relação à vida e ao trabalho.

Apesar de não interferir diretamente na saúde do espermatozóide, eles descobriram que o estresse é o responsável por reduzir as taxas de testosterona e glicocorticóides, hormônios importantes neste processo.

Além disso, estudos anteriores mostram que consumir carne processada em exagero, assistir TV mais de 20 horas por semana, estar acima de peso e contato com o BPA, um composto usado na fabricação do plástico, também alteram a contagem e saúde dos espermatozóides.



loading...


- Carne Vermelha Pode Aumentar Ligeiramente Risco De Câncer De Mama, Diz Estudo
Comer muita carne vermelha no início da vida adulta pode aumentar ligeiramente o risco de câncer de mama, de acordo com estudo realizado nos Estados Unidos. Pesquisadores de Harvard dizem que substituir a carne vermelha por uma combinação de feijões,...

- Melância Pode Ser Aliada Da Pressão Arterial, Aponta Pesquisa
Para os amantes de melancia, uma boa notícia: além de saboroso, o fruto reduz a pressão arterial em pessoas com sobrepeso e também diminui o risco de um ataque cardíaco, de acordo com um estudo publicado no American Journal of Hypertension. As...

- Ataques De Raiva Aumentam Risco De Infarto, Segundo Pesquisa
Pessoas que têm ataques de raiva correm um risco maior de, nas duas horas seguintes, sofrerem um infarto ou acidente vascular cerebral (AVC), aponta um estudo publicado nesta terça-feira (4).O estudo é o primeiro a confirmar, com base em estatísticas,...

- Homens Com Alto Nível De Testosterona Têm Imunidade Mais Fraca
Os homens com níveis relativamente altos de testosterona se beneficiam menos da vacina contra a gripe que homens e mulheres com níveis mais baixos do hormônio, segundo um estudo publicado nesta segunda-feira pela revista "Proceedings" da National Academy...

- Masturbação Atua Contra Diabetes E Câncer, Dizem Pesquisadores
Estudo mostra que 85% das mulheres se masturbam, enquanto esse número aumenta para 94% para os homensComo se já não existissem motivos suficientes para se masturbar, um novo estudo aponta que a prática pode prevenir uma série de complicações ao...



Vestibular








.